Primeira Reunião de Integração acontece em Osório

Encontro com membros de Entidades filiadas ocorre no Complexo Eólico da cidade

Presidente Simone Leite na abertura da 1º Reunião de Integração que, pela primeira vez, acontece no Complexo Eólico de Osório. Foto: Rosi Boni

A Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (FEDERASUL) promove, ao longo desta sexta-feira (01), mais uma edição da tradicional palestra inaugural da Entidade que, oficialmente, dá início aos trabalhos da Federação em 2019.

Na abertura do evento, a presidente da Federasul destacou aos participantes as importantes escolhas e as principais alternativas que estão se apresentando para o ano que se inicia. Simone Leite fez questão de salientar as dificuldades ao qual o Estado vem sendo acometido, mas fez questão de reiterar que a participação da classe produtiva e o espirito empreendedor deve ser, cada vez mais, estimulado e encorajado. “Temos que ter a consciência de que não devemos ficar na dependência contínua do Poder Público. O governo deve facilitar a vida do empreendedor e focar em pontos nevrálgicos: Saúde, Segurança e Educação”, afirmou.

Na sequência o prefeito de Osório, Eduardo Abrahão, reconheceu as dificuldades financeiras que os municípios estão sendo acometidos. A cidade, que contava com repasses da concessão da Freeway (BR-290), que no segundo semestre de 2018 não foi renovada pelo Governo Federal, deixando os municípios que tem seus territórios cruzados pelas rodovias prejudicados financeiramente.” Com a saída da Concepa e consequentemente o fim dos repasses gerados pela concessão, o município de Osório retroagiu em sua arrecadação em números de 2008, detalhou o prefeito. Em 2018 o município do Litoral Norte gaúcho arrecadou pouco mais de R$ 28 milhões em repasses vindos da concessão.

Na cidade também está uma das maiores plantas eólicas do Brasil. O diretor da Energia do Brasil, que administra o Complexo Eólico de Osório, Felipe Ostermayer, explicou os investimentos e a evolução que o grupo vêm fazendo na região e falou sobre a ampliação tecnológica que vem sendo desenvolvida no parque e, também, a majoração da capacidade energética. Atualmente o parque conta com 148 torres eólicas.

Ao fim desta primeira etapa da reunião a presidente da Federasul apresentou o calendário oficial de eventos da Federasul e, também, a nova diretoria da entidade, eleita para o biênio 2019/2020.