Nota de pesar

A Federação das Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) lamenta a morte do empresário Heitor Müller, ocorrida na manhã desta terça-feira (08). Heitor foi um dos precursores da avicultura gaúcha e brasileira e exerceu destacado papel no associativismo, tendo presidido a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) por duas gestões. 

“Heitor era um empreendedor em todos os sentidos. Tinha visão de futuro, coragem para enfrentar os desafios e jamais desistia. Deixa um grande legado para as gerações futuras e para a atividade econômica gaúcha”, destaca o presidente da Federasul, Anderson Trautman Cardoso. 

No setor da avicultura, Heitor Müller era acionista das empresas Vibra e Agrogen. O empresário também atuava no ramo da siderurgia — era acionista da Fundimisa, empresa de Santo Ângelo que é a maior fundição de ferro do Estado e uma das maiores do país.

No ramo do associativismo, também foi presidente da Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav) e da extinta União Brasileira de Avicultura (UBA) — atual Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

[addtoany]
PUBLICADO EM: 8 de junho de 2021