Nota da Federasul à imprensa

Respeitando o direito de ir e vir, bem como o direito de exercer a prerrogativa de protestar de forma ordeira, a Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do sul (Federasul) vem a público manifestar seu apoio à indignação dos caminhoneiros frente aos constantes aumentos dos combustíveis. É preciso que haja bom senso para que os serviços essenciais sejam garantidos e cargas perecíveis não se percam, diz a presidente Simone Leite, lembrando que a classe produtiva está sufocada. “Vivemos tempo de caos mas o Brasil não pode parar”.