Jornadas da Integração terminam com unificação de demandas principalmente nas áreas do turismo e infraestrutura

O oitavo encontro aconteceu com as regiões da Produção, Norte, Médio Alto Uruguai, Alto Jacuí e Botucaraí

Consolidando a posição da FEDERASUL de aproximação com as Associações Comerciais de todo o RS, a Jornada da Integração teve na noite desta segunda-feira (12), o último encontro online. Nesta 8ª reunião, os empreendedores das regiões da Produção, Norte, Médio Alto Uruguai, Alto Jacuí e Botucaraí foram ouvidos para externar demandas micro e macrorregionais.

O presidente da FEDERASUL abriu a reunião saudando todos os presentes, sem deixar de explicitar as ações recentes que a entidade desempenhou com sucesso. Após, o vice-presidente de Integração, Rodrigo Sousa Costa, o vice-presidente da Micro e Pequena Empresa, Rafael Goelzer, e o vice-presidente de Infraestrutura, Antonio Carlos Bacchieri Duarte, também fizeram uma breve saudação a todos os quase 40 empreendedores presentes.  

Então, os líderes das ACI’s receberam a palavra para externar suas demandas regionais e, também, macrorregionais – que afetam mais de uma região ou todo Estado. Os empreendedores dos setores da indústria, comércio e turismo citaram as dificuldades econômicas causadas pela pandemia, convergindo também na expansão dos modais ferroviário e rodoviário, bem como a concessão das estatais no setor energético.  

Além disso, foi lembrada a necessidade da duplicação de rodovias federais e estaduais, como a BR-285 e a BR-185, além da finalização da Ferrovia Norte-Sul, obras estas essenciais para a economia gaúcha. O vice-presidente Sousa Costa lembrou que algumas das obras citadas são factíveis e garantiu a articulação necessária da FEDERASUL, tanto a nível estadual quanto federal. Ele disse também que algumas já tem, inclusive, verbas previstas e podem ser consolidadas com menor dificuldade.

Os empresários destacaram ainda as obras e concessão do aeroporto de Passo Fundo, o que representará uma mudança de paradigma para a região, ampliando as possibilidades de negócios de outros municípios, como Erechim.  “Precisamos de infraestrutura correspondente que propicie essa geração de riqueza da região”, lembrou  Anderson Trautman Cardoso, deixando espaço para encaminhamento imediato dos pleitos dos empresários presentes à FEDERASUL. O presidente finalizou a reunião saudando a todos pelo trabalho e lembrando da unidade da direção da entidade na luta pela defesa da economia do RS.

[addtoany]
PUBLICADO EM: 12 de abril de 2021