FEDERASUL pede reedição do Pronampe

Na reunião da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa solicitou também a volta dos programas de manutenção do emprego e o parcelamento de tributos federais

O vice-presidente da Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (FEDERASUL), Rafael Goelzer, participou, nesta quinta (11) da 1ª Reunião da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, realizada virtualmente, em Brasília. Participaram do encontro, o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, senadores, deputados federais, estaduais, entidades e lideranças empresariais.

         Na sua manifestação a FEDERASUL parabenizou as empresas do Brasil por terem conseguido, mesmo em parte, sobreviver no ano passado e solicitou para que, constasse em ata, a visão “equivocada” de fechamento das atividades empresariais em muitos Estados brasileiros (manifestação feita também pelo presidente Jair Bolsonaro que voltou a criticar as medidas restritivas que estão sendo adotadas por muitos Estados). “Pedimos a reedição do Pronampe, dos Programas Emergenciais de Manutenção do Emprego e o parcelamento de tributos federais, informa o vice-presidente.

         A entidade sugeriu ainda que estes projetos possam ser acessados, inclusive, pelas empresas que utilizaram este crédito e benefícios em 2020. O novo auxílio, enfatiza Goelzer, “será determinante para que os empreendedores possam continuar garantindo os milhares de empregos e promovendo o desenvolvimento econômico e social de nosso país”, concluiu.

 

[addtoany]
PUBLICADO EM: 11 de março de 2021