FEDERASUL lança plataforma on-line de integração

Uma pesquisa realizada em janeiro, com 114 entidades filiadas, orientou a criação da tecnologia digital que prevê o modelo de aplicativo

                O presidente da FEDERASUL, Anderson Trautman Cardoso, lançou, na primeira reunião de alinhamento de 2021, uma plataforma de integração que começará a ser implantada para conectar as filiadas à entidade. A ideia é integrar processos, oferecer serviços, gestão e aprimoramento profissional. A plataforma, uma parceria com a Fábrica do Futuro, estará operando no segundo semestre deste ano. “A nova ferramenta integra os propósitos desta gestão baseados na inovação” disse o presidente.

         Para orientar sobre a viabilidade da plataforma, a FEDERASUL realizou, junto com a Fábrica do Futuro, uma pesquisa com 114 entidades quando apurou todas as informações necessárias à ferramenta que vai permitir compartilhamento de conteúdos e conexão de negócios.

         O resultado da pesquisa, que faz  um raio-x das filiadas e traça um perfil das necessidades delas, foi receptivo à plataforma. Com as respostas, a FEDERASUL consolida e atualiza um perfil das associadas que, em sua maioria, representam os setores de comércio, indústria, serviços e agro. Elas mostram que seus principais desafios estão na captação, retenção e motivação dos associados além do gerenciamento de equipe.

         As filiadas que responderam ao questionário tem um número de colaboradores bem variável (maioria de 5, máximo de 77), assim como o número de empresas associadas (maioria de 200 a 400, máximo de 2800). Se relacionam bem com as empresas da região e se comunicam diariamente por whattsapp e redes sociais, navegador windows e apps android.

         Outro cenário mostrado nas respostas da pesquisa revela também que as entidades trocam experiências pessoais de empreendedorismo e compartilham notícias além de promoverem eventos mensais com preferência por formatos híbridos. Na relação das filiadas com a FEDERASUL a pesquisa revelou interesse pelas pautas de inovação, tributação, empreendedorismo, economia e tecnologia. Mostraram também que o principal interesse no evento Tá na Mesa estão em convidar profissionais capazes de projetar os cenários econômicos e políticos, além de soluções em inovação e tecnologia.

         Também consideram a plataforma “interessante” já que visam a geração de negócios, networking, interações por nichos/ecossistemas além de geração e consumo de conteúdo.

[addtoany]
PUBLICADO EM: 1 de fevereiro de 2021