FEDERASUL define estratégias e analisa ações de 2020

Participaram do encontro híbrido líderes regionais e, também, da atual gestão

FOTO: REPRODUÇÃO/ZOOM

A última Reunião de Integração da FEDERASUL, em 2020, promoveu um balanço das ações da Entidade não apenas no atual ano, mas desde o primeiro mandato de Simone Leite, em 2016  – e que foi renovado para mais um biênio, 2019-2020. O evento ouviu todos os líderes e regiões de representação junto à FEDERASUL, espaço que foi utilizado para apresentar balanços, propostas à nova presidência, além de amplo debate sobre o PL 246, que trata de uma Reforma Tributária gaúcha, aumentando impostos e retirando competitividade do RS.

Considerado um importante tema, o Projeto de Lei encaminhado pelo Governo do Estado foi novamente pauta do debate comandado pelo vice-presidente de Integração, Rafael Goelzer, e da presidente Simone Leite. A palavra de ordem definida por Rafael é “apoiar bons projetos e derrubar projetos ruins”. A FEDERASUL reitera seu compromisso com a derrota do PL 246 ainda dentro de 2020. “Nosso papel é fazer, de fato, a diferença no RS. Somos integrantes de uma parte de um projeto,” citou Simone se referindo à dificuldade de alinhavar e construir uma aliança pelo desenvolvimento do Estado de forma coletiva com outras entidades-irmãs.

A Reunião foi o último compromisso de Simone Leite com os filiados, como presidente da FEDERASUL. Ela encerra seu mandato e transmite o comando da Entidade ao presidente eleito Anderson Cardoso, na próxima semana (próxima quarta, dia 16). Conforme o Estatuto da Federação, Simone Leite passa a integrar o Conselho Vitalício de Ex-Presidentes da FEDERASUL, vinculado ao Conselho Superior.

[addtoany]
PUBLICADO EM: 9 de dezembro de 2020