Em live no Instagram, Simone Leite fala do papel da FEDERASUL frente à crise causada pela COVID-19

Transmissão online foi promovida pelo Centro Empresarial de Flores da Cunha

A presidente da FEDERASUL, Simone Leite, participou na noite de segunda-feira (08), de um bate-papo sobre a importância do associativismo nos tempos de coronavírus. Sob mediação de Alessandro Cavagnoli, presidente do CEFC, Simone falou das bandeiras defendidas pela Federação, bem como o diálogo com o Poder Público e a luta pela retomada da economia, respeitando a segurança sanitária e os protocolos de combate e prevenção.

Simone comentou sobre a necessidade do recomeço e de fazer girar a roda da economia e movimentar todo o círculo virtuoso que nela está inserido. “Fala-se em desigualdade social. Assistimos inúmeras ações solidárias. Isso é louvável, mas é necessário o retorno, pois é com emprego e geração de riqueza que, realmente, derrotamos a desigualdade. As doações de alimentos e roupas aos atingidos são necessárias, mas estas atitudes só acontecem porque algumas pessoas trabalham. O dinheiro é finito. Empresas quebram”, disse.

Alessandro Cavagnoli questionou e reconheceu o papel de pioneirismo e de visão global que a FEDERASUL teve quanto ao tema. Na visão dele “a FEDERASUL sai grande e demonstra sua preocupação com a economia gaúcha, e inclusive com a arrecadação de impostos”. Simone Leite voltou a declarar que durante todo o processo, desde o primeiro caso e os preparativos para a entrada na quarentena, a Entidade sempre foi ouvida, e que a união entre outras Federações, ACIs/CICs, Sindicatos ilustra a necessidade do associativismo, ainda mais em um momento tão delicado.

[addtoany]
PUBLICADO EM: 8 de junho de 2020