Concessões e aeroporto nas demandas da 7ª Jornada de Integração

Mais recente encontro dos líderes empreendedores filiados da entidade ouviu diversas demandas micro e macrorregionais para o desenvolvimento do RS

   O presidente Anderson Trautman Cardoso abriu o encontro online saudando os mais de 30 representantes de Associações Comerciais das regiões da Serra, Hortênsias e Nordeste do RS. Fez ainda uma breve explanação sobre as ações capitaneadas pela entidade em nome da diminuição dos efeitos da Covid-19 na economia de todo Estado. Ele também deu direcionamentos para organização da discussão, bem como os objetivos da FEDERASUL com as Jornadas de Integração, visando, cada vez mais, aproximar a entidade com os anseios de todos os seus filiados.

   Ainda na fase inicial da reunião, o vice-presidente de Integração, Rodrigo Sousa Costa, o vice-presidente da Micro e Pequena Empresa, Rafael Goelzer, e o vice-presidente de Infraestrutura, Antonio Carlos Bacchieri Duarte, fizeram colocações iniciais, saudando os presentes e organizando os trabalhos.

   Após, o espaço do encontro remoto foi aberto para que os líderes das ACI’s dos municípios das regiões desta edição da Jornada explicitassem pautas e bandeiras necessárias para o desenvolvimento local, bem como em nível macro, do Estado. Falaram empreendedores que citaram problemas na infraestrutura e acesso nas proximidades dos municípios de Caxias do Sul, Vacaria, além de Gramado, Canela e Nova Petrópolis.

   Entre as pautas, concessões, duplicações e finalização de rodovias. As BR’s 285, 470 e as RS’s 126 e 235 foram definidas pelos empreendedores como de suma importância para ligação da região com locais estratégicos do País e, até mesmo, para o exterior. O aeroporto regional de Caxias também foi citado por mais de um representante de ACI’s como elementar para o desenvolvimento regional.   

   Após os registro das pautas micro e macro regionais, o presidente Anderson Trautman Cardoso lembrou do papel da FEDERASUL frente a todos estes pleitos, salientando a meta da entidade de interligar os anseios da classe empresarial para garantir a necessária representatividade de articulação  estadual e federal. “O objetivo da entidade é esse, levar as pautas”, salientou o presidente.

ALINHAMENTO DE PAUTAS

   Ao final da reunião, o vice presidente de Integração, Rodrigo Sousa Costa fez um apanhado de todas as demandas levantadas salientando três bandeiras mais pragmáticas para defesa da FEDERASUL: um grande projeto de concessão de rodovias no Estado; a concessão do Aeroporto Regional de Caxias do Sul – Hugo Cantergiani; e a PPP para maximização do modal ferroviário na região de Vacaria.

  A abordagem, na visão  de Sousa Costa, visa maximizar os efeitos das ações da FEDERASUL para tornar os anseios dos empreendedores realidade, levantando grandes pautas factíveis de se tornarem políticas públicas

[addtoany]
PUBLICADO EM: 5 de abril de 2021