Santiago é referência no lema “Juntos Somos Mais Fortes”

Da esquerda para a direita: Elvio Juliano Bernardi, Sadi Gioda e Rodrigo Sousa Costa

Resultado da união entre ACI, CDL e Sindilojas municipal, o Centro Empresarial de Santiago reúne hoje 940 sócios ativos para discutir sobre comércio, economia e sociedade. Criado em 2002, a partir do compartilhamento de dificuldades e lutas em comum, o CES é referência no município, dialogando com a prefeitura e com a comunidade. Segundo o presidente do centro, Elvio Juliano Bernardi, as decisões são colegiadas. “Não sou eu que decido. Nós unimos esforços, discutimos e decidimos em conjunto na mesa”, ressaltou.

Entre as novidades a partir dessa união, a criação de parcerias público-privadas com o governo, além da vinda de especialistas em educação da Finlândia para analisar o ensino infantil e médio. “Estamos preocupados com o futuro. Se não melhorarmos a educação, continuaremos a exportar pessoas para outras localidades e perderemos nossa capacidade de crescimento”, revelou.

O secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Santiago, Sadi Gioda, também presente na apresentação do case durante o 14º Congresso da Federasul, reafirmou a intenção do grupo em continuar agindo em prol do desenvolvimento do município. “Criamos agora a agência de desenvolvimento de Santiago. Queremos agregar ainda mais grupos produtivos e integrar a sociedade nas decisões”, finalizou.

Para prestar uma homenagem a essa iniciativa, o gestor de Relações Institucionais do CIEE-RS, Cláudio Bins, entregou também uma placa para os representantes do CES.