CIC 115 anos: uma trajetória pelo desenvolvimento de Caxias do Sul

Entidade lança selo comemorativo ao aniversário de fundação

Entidade lança selo comemorativo ao aniversário de fundação

Fundada em 08 de julho de 1901, a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) está completando 115 anos. Um selo comemorativo à data, cuja criação leva a assinatura da JJD Proequipe, foi lançado no dia 4 de julho, quando a entidade fez a entrega do Troféu Ítalo Victor Bersani, a maior honraria conferida pela CIC, durante reunião-almoço. Desde sua fundação, pelo comerciante que dá nome ao troféu, Ítalo Victor Bersani, a entidade concentra seus esforços em favor do desenvolvimento empresarial, contribuindo para o bem-estar econômico e social de toda a população e fazendo com que os setores da indústria, comércio e serviços de Caxias do Sul e Região alcancem projeção nacional e internacional. Por representar a classe empresarial, congrega atualmente 23 sindicatos patronais das mais diferentes categorias econômicas, representando 25 mil empresas, que empregam formalmente mais de 160 mil trabalhadores e geram um PIB da ordem de aproximadamente 21 bilhões de reais.

Desde o início de sua trajetória, a CIC tem como objetivo principal atuar de forma pró-ativa, servindo de modelo à comunidade de negócios, visando ao fortalecimento da livre iniciativa e da capacidade de competitividade dos produtos da Região. Preocupa-se em oferecer às empresas associadas uma cartela de serviços que atenda às expectativas dos diferentes segmentos, assumindo a missão de atuar como sinalizadora, influenciadora e facilitadora dos diferentes cenários econômicos, sociais e políticos do Brasil e do mundo.

A CIC é considerada uma das mais representativas entidades empresariais do interior do Rio Grande do Sul.  As bandeiras pelas quais tem lutado ao longo destes 115 anos têm contribuído significativamente para tornar Caxias do Sul uma das melhores cidades do País para se fazer negócios.

Sua estrutura é composta por três Conselhos: Executivo, presidido por Nelson Sbabo, Deliberativo, presidido por José Quadros dos Santos, e Superior, presidido por João Francescutti. São vice-presidentes do Conselho Executivo os empresários Carlos Zignani, da Indústria, Ivanir Gasparin, do Comércio, e Shirlei Omizzolo, dos Serviços. O Conselho Deliberativo tem Plínio Mioranza como vice-presidente e Orlando Marin como secretário. Já o Conselho Superior tem Nadir Rizzi na vice-presidência. Sua estrutura organizacional ainda conta com 17 diretorias departamentais, além da CIC Jovem e Conselho da Empresária, nas quais atuam 74 empresários de forma voluntária.

Com 6.300 metros quadrados de área construída e área total de aproximadamente quatro hectares, a CIC possui amplo espaço para abrigar eventos, convenções de negócios, seminários, palestras, cursos, exposições, reuniões de trabalho e reuniões-almoço. É o fórum onde a classe empresarial busca manifestar-se e compartilhar informações sobre o momento atual, no campo político, econômico e social. Também tem a tradição de ser a Casa onde se procura a interpretação para os fatos e tendências relacionadas à gestão das organizações. Nesse sentido, a CIC traz para o convívio dos empresários os mais importantes e influentes formadores de opinião e especialistas nas mais diferentes áreas do universo organizacional. As reuniões-almoço se tornaram a marca registrada das segundas-feiras na cidade. O público participante é, em média, de seis mil pessoas/ano.